por: Adriana Saldanha

Valorizar novas formas de engajamento e fortalecer  o movimento para a construção de um mundo sustentável e equilibrado por meio do alimento como cultura são objetivos do espaço de gastronomia Brasileira Gourmet. Aquilo que nos alimenta nos remete às lembranças afetivas, a um aprendizado social e ao que nos pertence. A cozinha que brota e ressoa afetos. 

 

O nosso comportamento alimentar está associado à nossa identidade e à cultura na qual  estamos inseridos. Pensar e proporcionar experiências gastronômicas com esse conceito é uma das missões do Brasileira  Gourmet. O espaço estreita os laços com o cliente para que todos possam experimentar o alimento a partir dos conceitos de historicidade e memória, da identidade e da pesquisa sobre a cozinha regional, além de vivenciar experiências gastronômicas em torno da culinária de várias regiões do Brasil e de outros países.

 

[...] toda cultura, toda tradição, toda identidade é um produto da história, dinâmico e instável, gerado por complexos fenômenos de troca, de cruzamento. Os modelos e as práticas alimentares são o ponto de encontro entre culturas diversas, fruto da circulação de homens, mercadorias, técnicas, gostos de um lado para o outro do mundo. Digamos mais: as culturas alimentares são mais ricas e interessantes quanto mais os encontros e as trocas tenham sido vivazes e frequentes. MONTANARI Massimo pag. 189 Comida como Cultura.

 

A missão é oferecer um espaço que reconheça o elo entre a cozinha e a cultura, além de valorizar o modo de fazer, os ingredientes e suas histórias, as bebidas e suas harmonizações características de diferentes momentos, épocas, cerimônias e contextos históricos. Oferecer comida como meio de troca de informações, reconstrução das lembranças afetivas em torno da culinária e  como estudo das comidas regionais com suas referências e ancestralidades.

  • Flickr Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook B&W